Maria João Saraiva

"Não nos podemos, simplesmente, render à hipertensão pulmonar: temos de reaprender a viver porque somos mais do que a doença."

Maria João Saraiva, Presidente da APHP