Um estudo publicado no Journal of American Heart Association mostrou que as células musculares das artérias pulmonares da mulher produzem mais do que uma molécula sinalizadora chamada de HIF1α, que pode contribuir para a maior prevalência de hipertensão arterial pulmonar em mulheres.
Uma equipa de investigadores aumentou a precisão de uma ferramenta usada para prever a sobrevivência de indivíduos com HP do Grupo 1 da Organização Mundial da Saúde (hipertensão arterial pulmonar ou HAP).
 
 
O tratamento de oito semanas com INOpulse é seguro e proporciona melhorias clinicamente significativas na atividade física em doentes com hipertensão pulmonar associada a doença pulmonar intersticial (HP-DPI), de acordo com os resultados de um estudo de fase 2b que se encontra a decorrer.
Os resultados são agora partilhados pelo grupo do estudo Bellerophon Therapeutics (NCT03267108), que se encontra a avaliar a segurança e a eficácia do INOpulse em doentes com DPI, incluindo doentes com fibrose pulmonar, um tipo de DPI.